3 de jan de 2011

Querer e não querer

(...) assim a falta de desejo dava silêncio ao coração do homem. Procurou sua própria fome: mas era o silêncio quem lhe respondia. Ele estava experimentando o que era pior que tudo: não querer mais. O primeiro momento foi muito ruim, mal calculou ele que não querer era tantas vezes a forma mais desesperada de querer.
Clarice Lispector em "A Maça no Escuro", Editora Rocco, p. 199.

Nenhum comentário:

Postar um comentário