28 de jan de 2011

Prisioneira de si mesma

"Acordei hoje com tal nostalgia de ser feliz. Eu nunca fui livre na minha vida inteira. Por dentro eu sempre me persegui."

Nenhum comentário:

Postar um comentário