25 de set de 2010

Vida e arte

(...) e as pessoas então se levantavam da cama, compreender a paciência dos outros, compreender porque uma criança era o nosso investimento e a seta que disparamos. Seria isso o que ele queria? não se sabe propriamente. Ele por enquanto estava se moldando, e isso é sempre lento; ele estava dando forma ao que ele era, a vida se fazendo era difícil como arte se fazendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário