8 de jul de 2009

A imprecisão de existir

E pela primeira vez, com candura, admirara-se a si mesmo como um menino que se descobre nu ao espelho. Aparentemente, com o acúmulo de pensamentos de bondade sem a ação da bondade, com o pensamento de amor sem o ato de amor, com o heroísmo sem o heroísmo, sem falar da certa crescente imprecisão de existir que terminara se tornando o impossível sonho de existir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário