9 de dez de 2010

Chuva e Palavra

"Quando começou enfim a chover, a senhora chegara a um ponto de silêncio que a chuva lhe parecia a palavra."
Clarice Lispector em "A Maça no Escuro". Rocco, p. 235

Um comentário: