27 de jul de 2009

Nada

Não se conta tudo porque o tudo é um oco nada.

Um comentário: