28 de jul de 2009

É dificil perder-se

“Estou desorganizada porque perdi o que não precisava? Nesta minha nova covardia – a covardia é o que de mais novo já me aconteceu, é a minha maior aventura, essa minha covardia é um campo tão amplo que só a grande coragem me leva a aceitá-la –, na minha nova covardia, que é como acordar de manhã na casa de um estrangeiro, não sei se terei coragem de simplesmente ir. É difícil perder-se. É tão difícil que provavelmente arrumarei depressa um modo de me achar, mesmo que achar-me mesmo seja de novo a mentira que vivo.”

2 comentários:

  1. Perfeito pra mim esse post. Perfect.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Incrivel como sempre tem uma passagem da C.L. que nos identificamos. Não uma, mas várias... Cada página que leio dos livros dela me emociona mais e mais, parece que sou eu falando comigo mesma, de uma forma tão minha e tão dela ao mesmo tempo... É perfeito mesmo.

    ResponderExcluir