31 de jul de 2009

A continuidade em Clarice

Visitando o blog 'Projeto Fio de Ariadne' encontrei um post que comenta o livro 'Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres':
"Arrisco-me aqui a mencionar “Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres” de Clarice Lispector, onde a autora inicia sua obra com uma vírgula antes de qualquer palavra, e, na seqüência,“um período longo, aparentemente incompleto, sem “começo”, lembrando-nos que as palavras podem representar (ou não) as sensações, as percepções, enfim, qualquer condição humana, e finaliza a história com dois pontos levando o leitor a supor a vida inacabada com qualquer ou nenhum fim.
O romance de Lispector começa com uma vírgula e termina com dois pontos, dando-nos a idéia de continuidade."

Maria do Carmo M. de Barros Torres, no blog: 'Projeto Fio de Ariadne'

Nenhum comentário:

Postar um comentário